30.11.06

deus apoucado

faz tempo já, eu não acredito em deus
e os anjos, incluindo meu guarda
eu os deixei rasgar as fardas
partiram todos, em caminhos seus
mas hoje eu soube:
uma jovem feriu-se além do suportável
morreu de repente
morreu de acidente
e seu riso era tão bonito!
seu nome eu não digo...
é som que agora avoa
segredo que ela leva consigo
pra poder abrir os portões do céu
eu queria só fazer a concessão
pedir aos anjos que voltem ligeiro
e que são pedro preguiçoso
receba esta moça direitinho
ela existirá por um minuto mais,
um, apenas, sorrindo
virará borboleta
e então os céus podem fechar-se novamente sobre seu vazio

0 pessoas pararam por aqui:

Postar um comentário

Diga lá.