11.4.08

da origem da noite

Uma colega me chamou a atenção pra uma coisa curiosa: em algumas línguas a palavra noite é igual ou muito parecida à palavra oito, acrescida de um n na frente. Vejamos:

A coisa confirma-se no português com oito e noite; no espanhol com ocho e noche; temos otto e notte, no italiano e também huit e nuit, no francês. E a coincidência não se restringe às latinas, já que no inglês há eight e night; acht e Nacht no alemão, semelhantes aos acht e nacht do holandês e, finalmente, åtta e natt em sueco.

Algumas pessoas impressionáveis estão certas de que isso significa alguma coisa. Resta apenas saber o quê... Há quem intua nisto uma origem, um resquício de antigas compreensões humanas, que liam a natureza e os números de maneira exotérica, cabalística ou coisa parecida. Confesso que eu mesma não vejo verdade perdida nem redescoberta, mas que me agrada a curiosidade. Alguém , por acaso, conhece outra língua para acrescentar?

9 pessoas pararam por aqui:

marcio cenzi disse...

e qual a ligação de "nove" com "novo"?

aline disse...

Que eu saiba, até o presente momento, nenhuma. Mas vc pode revolucionar minha percepção. Diga lá...

marcio cenzi disse...

não sei bem, mas não tem algo na numerologia que diz que o número 9 é o fim e o começo de um novo ciclo.

marcio cenzi disse...

faltou a interrogação

Thiérri disse...

Numerologia???
Aí você já tá forçando a barra!

marcio cenzi disse...

boas especulações


http://bloggingmyjournal.blogspot.com/2007/09/9.html
http://www.direcione.com/robertoassis/?p=208

aline disse...

é, são boas formulações. :)

Anonymous disse...

As raizes sao diferentes:

Oito vem do proto-indo-europeu *okto (dai o grego okto, latim octo, irlandes ocht-n, sanscrito astau, avestan ashta).

Noite vem do PIE *nok(w)t- (dai o grego nuks, latim nox, sanscrito naktam, lituano naktis, slavico nosti)

aline disse...

pois é, senhor anônimo, agora eu tenho um embasamento maior pra confortar minha colega: não, não, o mundo não vai acabar na noite do dia 8 de outubro de 2008, quando o ciclo lunar encerrar-se-há e explodirá em mil estrlinhas cor de rosa...

Mas minha curiosidade é meu maior pecado, e confesso estar intrigada com a identidade de um poliglota que passeia por aqui.

no mais, convenhamos que há uma coincidencia estranha aí. Senão nas raizes, ao menos nos processos de transformação ao longo dos séculos, heim?!

Postar um comentário

Diga lá.