18.6.08

o dito e o não dito

Vasculhe seus livros de literatura brasileira e responda: como vc sabe que uma personagem é negra? Ora, dirá meu leitor atento, o narrador diz. Verdade, a narração faz isso mesmo. Sabemos, dependendo do estilo da narrativa, com grau maior ou menor de detalhes, a cor da pele, dos cabelos, o tipo de roupa que veste, as maneiras com que se expressa. Responda, então: como vc sabe que a personagem não é negra? Melhor, melhor: como vc sabe que uma personagem é branca? Na maioria das vezes, o narrador não diz nada. E, se não diz, o leitor tende a supor que é branca. As representações mais comuns ou imediatas de ser humano que a maioria de nós tem são pessoas brancas, com um tipo físico médio.

4 pessoas pararam por aqui:

Thiérri disse...

Perguntemos para uma pessoa negra...
eu realmente, se o narrador não diz, deduzo que a personagem é branca.

Isso pode ser pelo fato de eu ser branco...

Quem sabe uma pessoa negra não deduza que a personagemé negra também?!?!

É um bom estudo a se fazer...

Se você quiser desenvolvê-lo e precisar de ajuda... Cá estou!!!

Theo Weissmann disse...

Bom.. eu não sinto que as personagens sejam judias.

Imagino que sejam verdes, naverdade. É influência do impressionismo e tal.

Camila disse...

Aline, um dos posts da série do LLL sobre o racismo trata justamente disso, talvez lhe interesse. Beijos!

aline disse...

Olha, Thierry, creio que mesmo as pessoas negras, pelo menos na maioria, projetem imagens das personagens parecidas com as pessoas brancas. pq a ideologia alcança todo mundo, sobretudo os mais desavisados... o que, aliás, cria problemas sérios no processo de formação de identidade de muita gente.

Theo/ Tristan. Verdes? Mas verdes-claro ou verdes-escuro? :)

Camila, vou ver isso sim, no LLL. Interessa, claro... Como quase tudo o que ele diz. Obrigada. :)

Postar um comentário

Diga lá.