26.11.08

Joguinho de cinema (4)

Enfim. Uma cena, sem os corpos dos atores. Os outros posts desta série, assim como maiores explicações, estão no label joguinho. E as dicas abaixo, em branco, pra quem quiser uma (ou duas, ou três) colher(es) de chá. Quem sabe que filme é este?


Dicas (elas estão em branco, você deve selecionar para ver):

1)
O filme foi lançado em 1989, e seu roteiro - original - foi baseado na vida do roteirista , ou melhor, em sua estada na escola preparatória para garotos de Nashville.


2) De um mod geral, o filme foi bem aceito e recebeu boas críticas quanto à construção das personagens e à atuação dos atores. Entretanto, alguns críticos foram bem mordazes. Alexander Payne, por exemplo, disse que "na última cena eu me senti trapaceado. Por favor! A mensagem é que no fundo, as pessoas não são conformistas, enquanto a verdade é bem o contrário".


3) O filme popularizou a fórmula Carpe Diem, que geralmente é associada, na história da literatura, a poetas árcades e românticos. Popularizou também o verso "Oh Captain, my captain", de Walt Whitman.

4 pessoas pararam por aqui:

Camila disse...

Sociedade dos Poetas Mortos?

aline disse...

você tem certezaaammm?? ha-hae.. hi, hi

Daniela disse...

Nossa, eu cheguei aqui pelo sitemeter. Já tinha visto seus comentários por aí, mas nunca tinha vindo aqui. Fiquei extremamente lisonjeada pelo link, principalmente DEPOIS de ler o blog. Seus textos sao muito inteligentes, atuais e lúcidos. Temos em comum sermos professoras e gordas. E os dois posts que li sobre os temas concordo tanto que nem sei por onde começar.

Parabéns! Vou voltar sempre

Carlos disse...

Li só a primeira dica. É sociedade dos poetas mortos.

Postar um comentário

Diga lá.