24.11.08

pequenas infâmias na publicidade nacional

Eu a-do-ro assistir às publicidades que passam na tv aberta. É que elas são tão infames. E como não consigo dedicar um post inteiro a cada uma das minhas preferidas, vou fazer um apanhadão do que há de pior gosto, atualmente.


- A campanha do Ford Fusion, com a canção So happy together dos The Turtles. Mostra todo o processo de fabricação de um carro, da criação do design à venda na concessionária. E todos os envolvidos ficam cantarolando a musiquinha. Lembrou? Então presta atenção da próxima vez (ou aqui no youtube, se sua curiosidade te matar). 1) Só tem homem no comercial. Eu contei 4 mulheres e 85 homens. Tá, eu não contei os homens, mas é uma estimativa razoável. É comercial pra homem. Isso nos leva à observação 2) O cara que imagina o primeiro desenho do carro, o esboço dele, faz isso no box do chuveiro. E ele tava olhando pro próprio pinto. Olha pra baixo, sorri e desenha o carro. Ou pior: canta, desenha, olha pra baixo e sorri. E o desenho é fálico. Sério, olha lá.

- O Danone Activia. Eu já achava um horror quando a mocinha do Lactopurga dizia que "até a pele ficava mais bonita". Mostrava uma vida perfeita, livre de obstáculos. Como se cocô fosse a maior das adversidades. O activia é mais sofisticado, é um iogurte, tem toda uma coisa cientificóide (aqueles gráficos com bolinhas descendo pela barriga) e um apelo merchand (se sua vida não melhorar em 15 dias, a gente devolve seu dinheiro). Eu adoraria que minha felicidade estivesse ligada à regularidade do meu intestino. Mas infelizmente, ela (a felicidade) tem mais a ver com minha conta bancária, com a vida sexual (e amorosa), com a minha coleção de gibis, etc, etc, etc. Mas eu sei, se eles reformulassem a frase, não vendiam nem um potinho: se seu cocô não ficar mais dócil em 2 semanas...

- O novo comercial do Axe. Eu sempre achei que a equipe publicitária deste produto tivesse o senso de humor do Chuck, o brinquedo assassino. Com aqueles comerciais de mulheres enlouquecidas com o cheiro do desodorante dos caras. Aí veio o desodorante de chocolate, que é um horror. E o comercial com o homem-bombom, que perde uns pedaços pela rua. Maior nojinho. Mas esse último, com o cara esguichando água pelo sovaco... céus. Numa das cenas há uma garota comendo um sanduíche e levando água de sovaco na cara. Iiiicc. Tá, tá. Era pra ser irônico. Mas ironia é uma modalidade de humor fina e superior. E eu já comecei dizendo "era pra ser"...

- Agora um elogio. Desde que reduziram o números de mulheres peladas nos comerciais de cerveja, eles começaram a ficar mais legais. Ainda estão longe de serem bons, mas como os publicitários estão tendo que apelar pro non-sense, tipo um grupo de marmanjos cantarolando a música do 2001 - uma odisséia no espaço enquanto corre uma fileira de latinhas de cerveja... é engraçado.


- Mas... non-sense demais cansa. A Skol resolveu fazer a versão Spielberg da publicidade e tentou emplacar umas de Skol é boa porque é alienígena. Ou é redonda porque é alienígena. Ou é boa porque é redonda. E tem o pior - o pior! - bordão da década: iu, iu, iu, o terráqueo abduziu. Aí não dá, né? E o verbo ainda tá conjugado errado: o terráqueo é abduzido. Tem que ser na voz passiva, senhores publicitários. Tá, oquei, parei.

8 pessoas pararam por aqui:

lola aronovich disse...

Puxa, faz tanto tempo que não vejo TV que não conheço a maior parte dos comerciais que vc falou. Essa do desodorante eu vi em algum blog. No momento em que a Axe fizer algum comercial decente, vai parar de chover (porque aqui em SC a gente está em estado de calamidade pública). O do carro eu vi uma vez só, e o que me chamou a atenção foi todo mundo falando inglês, quase todos sem sotaque. Aliás, acho que a música é dos Turtles, não dos Beatles.
Que mais?! Ah, eu fiz aquele teste do Activia! Não funcionou. Eles devolveram o meu dinheiro.

aline disse...

Verdade, verdade. É dos The Turtles. Já vou corrigir.

To sabendo que SC tá debaixo d'água. Em São Pauloa coisa tá feia tbm, e por aqui parece que chove como não chovia há 3 anos. Toca fazer oferenda pra São Pedro. Boa sorte, viu, com as enchentes.

lu disse...

hahahahhahahaa
amei esse post!
a propaganda do "so happy together" eu já tinha reparado que não tem mulher nenhuma - como se só homens fizessem um carro. Mas essa cena infame do chuveiro nunca reparei - vou prestar mais atenção.
eu detesto propaganda de produtos de limpeza, parece que só mãe e esposa que tem que limpar a casa e comprar esses produtos, me dá nos nervos...

aline disse...

oi lu

repara, repara. eu fiquei chocada com a "cara de pau" do comercial. nossa, isso foi um trocadilho.

os produtos de casa merecem um post à parte. por isso eu não comentei o gleid plug, as margarinas, sabão em pó, produto de limpeza. vou dar atenção especial a esta classe de produtos tão importante, mais tarde.

bjos

Victor Bianchin disse...

Eu absolutamente adoro o comercial do suvaco que esguicha. Único comercial decente na TV atualmente, ouso dizer.

aline disse...

Vitor.

Não, não, não. Vc não tem nojinho daquela cena do sanduiche?

iiiicccc só de pensar.

um abraço

Gi. disse...

Eu tou na do Victor, também adoro o do suvaco que esguicha. porque eu tenho um senso de humor imbecil, me acabo de rir :D Tambem adoro o comercial da coca-cola, o que tem as linguas e o olho brigando, que vem o cerebro acabar com a briga. Ah! E os da Claro "Eu escolhi compartilhar"

aline disse...

Oi Gi

o comercial da coca é engraçado, o da claro é fofinho. mas o da axe não adiata. não perdoo de jeito nenhum! :)

um beijo!

Postar um comentário

Diga lá.