15.12.08

das boas oportunidades

Eu ia dizer que, no lugar dele, atirava os dois sapatos. Mas, gente, ele atirou os dois! 100% de aproveitamento da ocasião. Só acho absurdo o jornalista ter chamado o senhor presidente de cachorro. Porque, né? Cachorro é um animal simpático, leal, corajoso e querido. O oposto do Bushinho.
Outra coisa que adoro nesta história: a nota que a rede de televisão al-Bagdadia escreveu.

"A Al-Bagdadia apela às autoridades iraquianas para que libertem o jornalista Muntadar al-Zaidi, de acordo com a democracia e a liberdade de expressão que o novo regime e as autoridades norte-americanas prometeram ao povo iraquiano (...). Todas as medidas tomadas contra Muntazer serão consideradas atos de um regime ditatorial".

Ironizar o Bush qualquer um pode. Mas oportunidades como essas só aparecem para uns poucos.


Adendo: O Jornal Nacional acabou de noticiar que Muntabar al-Zaidi foi espancado na cadeia, está com mão e costelas quebradas, hemorragia interna e ferimentos no rosto. Bush presa muito a liberdade.

1 pessoas pararam por aqui:

Filipe Lima disse...

Oi Li.
O cara chamou ele de "cão". Isso é, na religião deles, uma ofensa gravíssima, pois o cachorro é um animal considerado "impuro".
O sapato também é um símbolo de sujeira, pois está em contato com o chão o tempo todo. Ou seja, foi uma dupla-falta.
Hehe.
Beijos.

Postar um comentário

Diga lá.